Teoria da Evolução de Darwin

Teoria da Evolução de Darwin

 - Uma Teoria em Crise
Você está aqui: Ciência >> Teoria da Evolução de Darwin

Teoria da Evolução de Darwin - A Premissa
A teoria da evolução de Darwin é a noção generalizada de que toda a vida seja relacionada e tenha descendido de um ancestral comum: os pássaros e as bananas, os peixes e as flores – todos são relacionados. A teoria geral de Darwin pressupõe o desenvolvimento da vida a partir da não-vida e enfatiza uma "descendência com modificação" puramente naturalista (indireta). Ou seja, criaturas complexas evoluem naturalmente a partir de ancestrais mais simples ao longo do tempo. Em poucas palavras, à medida que mutações genéticas aleatórias ocorrem no código genético de um organismo, as mutações benéficas são preservadas por auxiliarem a sobrevivência - um processo conhecido como "seleção natural". Estas mutações benéficas são passadas à próxima geração. Com o tempo, as mutações benéficas se acumulam e o resultado é um organismo completamente diferente (não apenas uma variação do original, mas uma criatura totalmente diferente).

Teoria da Evolução de Darwin - Seleção Natural
Embora a Teoria da Evolução de Darwin seja um arquétipo relativamente jovem, a cosmovisão evolutiva em si é tão antiga quanto a antiguidade. Os antigos filósofos gregos, tal como Anaximandro, postularam o desenvolvimento da vida a partir da não-vida e a descendência evolutiva do homem a partir do animal. Charles Darwin simplesmente trouxe algo de novo à velha filosofia - um mecanismo plausível chamado de "seleção natural". A seleção natural age para preservar e acumular pequenas mutações genéticas vantajosas. Suponha que um membro de uma espécie tenha desenvolvido uma vantagem funcional (criou asas e aprendeu a voar). Sua prole herdaria essa vantagem e a passaria aos seus descendentes. Os membros inferiores (desfavorecidos) da mesma espécie gradualmente morreriam, restando apenas os membros superiores (favorecidos) da espécie. A seleção natural é a preservação de uma vantagem funcional que permita que uma espécie compita melhor em seu habitat. A seleção natural é o equivalente naturalista à reprodução doméstica. Ao longo dos séculos, os criadores humanos têm produzido mudanças dramáticas nas populações de animais domésticos através da escolha de certos animais para se reproduzirem. Esses criadores gradualmente eliminam traços indesejáveis ao longo do tempo. Da mesma forma, a seleção natural gradualmente elimina as espécies inferiores ao longo do tempo.

Teoria da Evolução de Darwin – Aos poucos chegando lá...
A teoria da evolução de Darwin é um processo lento e gradual. Darwin escreveu: "...a seleção natural apenas tira proveito de pequenas variações sucessivas, ela nunca poderá dar um salto grande e repentino, mas avança apenas através de passos curtos e certos, embora sejam lentos." [1] Assim, Darwin admitiu que: "Se pudesse ser demonstrado que algum órgão complexo existe, o qual não poderia ter sido formado através de pequenas modificações numerosas e sucessivas, a minha teoria estaria completamente arruinada." [2] Tal órgão seria conhecido como um "sistema irredutivelmente complexo", o qual é um sistema composto de múltiplas partes, todas as quais são necessárias para o funcionamento do sistema. Se apenas uma parte estiver faltando, o sistema não funcionará. Cada peça individual é uma parte integrante. [3] Assim, tal sistema não poderia ter evoluído lentamente, pedaço por pedaço. A ratoeira comum é um ordinário exemplo não biológico de complexidade irredutível. É composta por cinco partes básicas: a captura (para prender a isca), uma mola poderosa, uma haste fina chamada de "martelo", uma barra de apoio para manter o martelo no lugar e uma plataforma para montar a armadilha. Se qualquer uma dessas partes estiver faltando, o mecanismo não funcionará. Cada peça individual é uma parte integrante. A ratoeira é irredutivelmente complexa. [4]

Teoria da Evolução de Darwin - Uma Teoria em Crise
A teoria da evolução de Darwin é uma teoria em crise à luz dos tremendos avanços que temos feito em biologia molecular, bioquímica e genética ao longo dos últimos cinquenta anos. Sabemos agora que existem dezenas de milhares de sistemas irredutivelmente complexos no nível celular. A complexidade especificada permeia o mundo microscópico biológico. O biólogo molecular Michael Denton escreveu: "Embora as menores células bacterianas sejam incrivelmente pequenas, pesando menos de 10-12 gramas, cada uma é na verdade uma verdadeira fábrica micro-miniaturizada contendo milhares de peças requintadas de maquinaria molecular complexa, composta inteiramente de cem mil milhões de átomos, muito mais complicada do que qualquer máquina construída pelo homem e absolutamente sem paralelo no mundo dos seres não viventes." [5]

Além disso, não precisamos de um microscópio para observar a complexidade irredutível. O olho, o ouvido e o coração são exemplos de complexidade irredutível, embora não tenham sido reconhecidos como tal nos dias de Darwin. No entanto, Darwin confessou: "Para supor que o olho, com toda a sua capacidade de ajustar o foco para diferentes distâncias, de se ajustar a diferentes quantidades de luz e de corrigir a aberração esférica e cromática, poderia ter se formado por seleção natural parece, eu confesso livremente, absurdo no mais alto grau possível." [6]

Explore mais agora!

Notas de Rodapé:

  1. Charles Darwin, "On the Origin of Species by Means of Natural Selection, or the Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life," 1859, p. 162.
  2. Ibid. p. 158.
  3. Michael Behe, "Darwin's Black Box," 1996.
  4. "Unlocking the Mystery of Life," documentary by Illustra Media, 2002.
  5. Michael Denton, "Evolution: A Theory in Crisis," 1986, p. 250.
  6. Charles Darwin, "On the Origin of Species by Means of Natural Selection, ou the Preservation of Favoured Races in the Struggle for Life," 1859, p. 155.


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Perspectivas Científicas de Enxergar o Mundo

Teoria da Evolução de Darwin
Evolução e o Registro Fóssil
Criação contra Evolução
Evidência da Criação
Problemas com o Registro Fóssil
Evolução do Homem
Charles Darwin
Evolução contra Criação
Evidência da Evolução
Conteúdo adicional ...

Perspectivas Filosóficas de Enxergar o Mundo
O que a Bíblia declara ser verdade?
Teísmo
Fundadores dos Sistemas de Crenças
Religiões Mundiais
Descubra a verdade
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Teoria da Evolução de Darwin to My Google!
Add Teoria da Evolução de Darwin to My Yahoo!
XML Feed: Teoria da Evolução de Darwin
Ciência Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutScience.org, Todos os direitos reservados.